Jornal METRO questiona INRI CRISTO sobre o fim do mundo

1) Qual o seu nome completo e idade?
INRI CRISTO: “Meu nome completo é INRI CRISTO. Eu renasci (reencarnei) no dia 22/03/1948, logo, na graça do ALTÍSSIMO, meu PAI, SENHOR e DEUS, estou prestes a completar 65 anos”.

2) Existem sinais de que o fim do mundo está próximo? Quais seriam eles?
INRI CRISTO: “Há dois mil anos, quando interrogado pelos discípulos sobre os sinais do fim do mundo e de minha volta à Terra, lhes respondi: “E ouvireis falar de guerras e de rumores de guerras, e se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, pestilências e terremotos em diversos lugares… Todas essas coisas são o princípio das dores” (Mateus c.24 v.7 e 8). Vislumbramos nos dias atuais o inquestionável cumprimento dessa profecia. Num mundo convulsionado por disputas políticas e religiosas, disparidades sociais, total inversão de valores… além da crescente avalanche de tragédias naturais agravadas pelo próprio homem, eis que meu PAI me reenviou à Terra como derradeira esperança a fim de vos conduzir, mesmo em meio a tantos equívocos e falsidades, ao vislumbre da verdade. Resumindo: ninguém é obrigado a crer, sou a luz no fim do túnel”.

3) O homem pode evitar o fim do mundo? Como?
INRI CRISTO: “Os homens, fazendo mau uso do livre-arbítrio, construíram armas destrutivas, violaram as sagradas leis de DEUS e esqueceram-se também dos santos mandamentos. Semearam, desta forma, através de atos e pensamentos, catástrofes e terremotos que, acompanhados da hecatombe nuclear, culminarão com o fim deste mundo caótico. Menos de um milhão de pessoas restarão vivas na Terra; a maioria será constituída de mutilados que suplicarão a morte, e esta em princípio não lhes ouvirá… A hecatombe nuclear que culminará com o fim deste mundo caótico é inevitável, até porque, segundo dados científicos, o potencial atômico do planeta é capaz de destruí-lo mais de quinze vezes. Todas as tentativas de desarmamento mundial foram e serão em vão. Meu PAI mostrou-me que há diversas bombas atômicas em construção, além das já existentes. Como se não bastasse a explosão demográfica estar tornando a vida na Terra cada vez mais insuportável, existe um outro motivo muito mais grave que leva a esse trágico porvir. Quando o ser humano constrói uma coisa, seja o que for (uma bicicleta, um relógio, uma arma de fogo, etc.), ele não consegue ter paz enquanto não a vê funcionar, sente uma necessidade imperiosa de pôr em prática o que inventou. Isso faz parte da natureza humana. Milhares de cientistas no mundo inteiro, no seu inconsciente, estão esperando ver funcionar a bomba atômica em larga escala. Mais grave ainda é que o arsenal atômico do planeta requer uma caríssima manutenção. Muitos povos estão sendo oprimidos através de altos tributos ao erário para manter as armas atômicas de seus países, o que torna ainda mais iminente o conflito. O mundo atual se assemelha a um barril de pólvora prestes a explodir a qualquer momento. Os atentados ao World Trade Center, em 2001, não são nada perto do terrível destino reservado à humanidade. Mas como nada acontece na Terra sem o consentimento de DEUS, tudo o que está sucedendo é porque Ele permitiu. Por enquanto o SENHOR DEUS, meu PAI, está detendo o fim deste mundo caótico até chegar aquele dia e aquela hora. Quando Ele considerar que chegou a hora de abreviar o sofrimento da humanidade, permitirá que os homens paguem seus pecados em larga escala, ‘porque então será grande a tribulação, como nunca foi desde o princípio do mundo até agora, nem jamais será. Se não se abreviassem aqueles dias, não se salvaria pessoa alguma; porém, serão abreviados aqueles dias em atenção aos escolhidos’ (Mateus c.24 v.21 e 22). O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão”.

4) Algumas pessoas acreditam que o mundo irá acabar nesta sexta-feira, dia 21 de dezembro. Como o senhor interpreta essa e outras profecias?
INRI CRISTO: “O mundo irá acabar sim nesta sexta-feira para todos os que “morrerem” até lá. Os Maias estavam referindo-se a uma renovação positiva na Terra, contudo os seres humanos interpretaram equivocadamente seus escritos”.

5) O senhor acredita que o mundo irá acabar mesmo? Se não for nesta data, quando será então o fim do mundo na sua opinião?
INRI CRISTO: “Reitero uma vez mais, o mundo acabará sim, todavia só aos que desencarnarem até aquela data. Quanto ao dia e a hora, já disse há dois mil anos e repito: ‘ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas só o PAI sabe’ (Mateus c.24 v.36). E como já falei anteriormente, será perpetrada uma faxina aqui na Terra através da inevitável hecatombe nuclear. A Terra sofrerá uma transformação positiva, uma renovação, uma higienização geral”.

6) A população deve se preocupar com a data?
INRI CRISTO: “Não, as pessoas não devem se preocupar com esta data. A população deve seguir ordeira cuidando de suas vidas. Cada um deve fazer o que precisa ser feito. E o principal: diariamente orar ao PAI no quarto com a porta fechada, como já ensinei há dois mil anos (Mateus c.6 v.6)”.

7) O que irá mudar a partir desta sexta-feira?
INRI CRISTO: “O que irá mudar é que a partir de sexta-feira muitos descobrirão que eu retornei à Terra em carne e osso, conforme enunciei há dois mil anos. A reprovação prevista em Lucas c.17 v.25 a 35 começará a exaurir, e os filhos de DEUS terão ocasião de se despertar. Meu PAI, SENHOR e DEUS abrirá os olhos de muitos, as vendas serão removidas e, por ser o ano do despertar e consequente conscientização, os filhos de DEUS se regozijarão em constatar a minha presença aqui. É óbvio que se cumpre o que adverti: “Muitos são chamados e poucos escolhidos” (Mateus c.20 v.16)”.

8) O que o senhor acha das pessoas que acreditam que o mundo irá acabar nesta sexta-feira?
INRI CRISTO: “Elas descobrirão que foram enganadas, ludibriadas, e se confortarão em ver que não se cumpriu a interpretação equivocada da profecia Maia”.

9)Qual o seu conselho para as pessoas?
INRI CRISTO: “Que continuem suas vidas serenamente. Reitero uma vez mais o que já disse anteriormente: à noite antes de deitar-se, invoquem o PAI no quarto com a porta fechada, como ensinei quando me chamava Jesus. Não precisa ir à igreja submeter-se ao cabresto das “religiões”. É mister tão somente invocar o PAI no quarto com a porta fechada, Ele vê o que se passa e abençoa. ‘Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, ora a teu PAI em segredo. E teu PAI, que vê o que se passa em segredo, te dará a recompensa’ (Mateus c.6 v.6). De preferência, para estabelecer a simbiose com Ele, invocá-Lo orando o Novo PAI Nosso, a oração mais forte e mais bela, o meio mais sublime de contactar-se com o Criador Supremo”.

P.S.) Em relação à primeira pergunta, gostaríamos só de esclarecer que INRI CRISTO não usa o prenome, nem o sobrenome de família. Desde que obteve o reconhecimento de seu nome INRI CRISTO pelo Poder Judiciário brasileiro no dia 24/10/2000, ele sempre diz que o seu nome completo é INRI CRISTO porque é seu novo nome (conforme Apocalipse 3:12:“Ao que vencer… escreverei sobre ele o nome de meu DEUS… e o meu novo nome). INRI é o nome que pagou com seu sangue na cruz, e CRISTO, oriundo do grego, significa “o ungido”, revelando sua condição. Portanto, INRI CRISTO é o único nome que o completa e o único que ele usa.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezoito − seis =